Escolha uma Página

A Prefeita Municipal de Maximiliano de Almeida Sra. Dirlei Bernardi dos Santos, em entrevista para a Rádio Interativa falou a respeito da polêmica sobre a realização ou não do 20º Festival do Chopp no município: “Vamos fazer o 20º Baile do Chopp, o de número vinte. Nós não poderíamos deixar passar em branco. Há 19 anos que esse evento acontece e não seria o de número 20 que nós iríamos deixar de fazer. Há dias atrás a gente mandou um projeto para a Câmara de Vereadores, onde nesse projeto a gente estaria envolvendo a CDL. A entidade CDL, onde eles estariam organizando o festival do chopp, porém acredito que os Vereadores não entenderam bem o projeto e esse projeto foi rejeitado. Nesse projeto a gente colocou uma cláusula que para entidade assumir esse baile, se correria o risco de dar algum vendaval, algum temporal, enfim algo dessa natureza que talvez o evento não pudesse acontecer. A CDL não iria arcar com todas essas despesas, então a gente sentou com a organização e buscou-se um meio legal de se fazer a festividade”.

“Nós temos uma comissão toda engajada, então esses 20 mil reais, jamais eu iria por 20 mil reais quando se fala em economia no município. Quando se fala em demandas importantes que temos que executar aqui na nossa comunidade. Esses 20 mil seriam uma garantia se caso acontecesse algo desta natureza, viesse a acontecer uma chuva de granizo, talvez durante a noite e não teríamos como fazer esse baile. A gente sabe que quando se contrata bandas, a gente tem que ter uma garantia também. A gente tem um contrato que se assina com essas bandas no caso de o evento não acontecer, a gente tem que arcar com despesas sim. Mas o propósito nosso não era esse, o nosso propósito era que desse lucro sim e que esse lucro seria revertido para entidades, inclusive para a ornamentação do natal luz aqui da nossa cidade”, explicou a Prefeita Dirlei.

A Prefeita Dirlei concluiu: “Tudo que foi, junto com a comissão organizadora, combinado lá atrás com os blocos isso tudo vai ser cumprido. A questão dos ingressos, do chopp e tantas outras coisas que a gente discutiu com vocês. A ideia agora e chamarmos os blocos nos próximos dias para sentarmos e decidirmos também alguma coisa mais que talvez ficou pendente”.

Ouça abaixo a entrevista completa:

 

Fechar