Projeto Castração Legal busca ações de saúde e bem-estar animal por meio de castração de cães e gatos em Maximiliano de Almeida.

Data: 11/05/2020

A Prefeitura Municipal de Maximiliano de Almeida, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente desenvolve o “Projeto Castração Legal” com apoio da Associação dos Amigos dos Animais aqui da cidade, a qual já vem realizando efetivas ações de saúde e bem-estar animal.

Administração Municipal efetivou o Projeto “Castração Legal” com aprovação na Câmara de Vereadores, tem objetivo de fazer a castração de cães e gatos de acordo com critérios técnicos estabelecidos pelo quadro de profissionais do município.

A alta taxa reprodutiva de cães e gatos, através de prenhezes múltiplas, faz com o que o número desses animais aumente rapidamente, tendo consequências danosas paras as pessoas, meio ambiente e para os próprios animais.

O controle de zoonoses, que são as doenças transmitidas pelos animais aos seres humanos, passa necessariamente pelo controle populacional dos animais de companhia, assim um número menor ou razoável de animais é muito mais facilmente controlado e assistido. Em relação ao meio ambiente, a população descontrolada de cães e gatos, faz incursões às áreas de matas nativas, exercendo pressão de caça sobre a fauna nativa, e podendo trazer parasitas e doenças desta fauna. E as consequências danosas para os próprios animais estão relacionadas ao ciclo de sofrimento de cio-prenhêz-parto-abandono, e a ocorrência de maus tratos.

Assim, o controle populacional de cães e gatos é um assunto premente para todos os municípios brasileiros.

O conceito de Saúde Única, definido pela Organização das Nações Unidas, integra a saúde das pessoas, dos animais, e do meio ambiente, assim as ações direcionadas a um destes temas, influenciarão os outros dois temas, e atuarão em sinergia.

O Programa Castração legal, objetiva construir em parceria entre o Poder Público e a comunidade, uma política de bem-estar animal, promovendo a guarda responsável de animais de companhia, focada na castração.

Também prevê: Promover oficinas sobre guarda responsável de cães e gatos; Elaborar e distribuir folheto informativo sobre os benefícios da castração; Instituir a figura do aluno “amigo dos animais”; Estreitar os vínculos entre os animais e seus tutores; Desenvolver outras estratégias para promover o engajamento da população; Reduzir a quantidade de animais abandonados em vias públicas; Estabelecer um programa de castração dos animais do município de Maximiliano de Almeida – RS: Realizar ações de caráter educativo, como a prática de adoção promovendo os cuidados com estes animais, sensibilizando a comunidade para que contribuam no controle futuro desta população;  Promover o bem-estar animal; Controlar zoonoses; Diminuir a ocorrência de acidentes envolvendo animais em situação de rua;

Os “Agentes de Saúde” no ano de 2019 realizaram pesquisa nas suas áreas de atuação, realizando um levantamento de dados, sobre a quantidade populacional de gatos e cachorros existentes no município, bem como investigar o estado de saúde e bem-estar dos mesmos.

O resultado parcial desta pesquisa revelou que existe uma população de cães e gatos em níveis elevados; que a maioria não é vacinado e nem castrado; que ocorre abandono e maus tratos; que há falta de comprometimento dos tutores entre outros dados.

Está disponível no Departamento de Meio Ambiente, junto a Prefeitura Municipal, uma ficha para cadastro. Os interessados devem entrar em contato via telefone para buscar maiores informações. No momento do cadastro são preenchidas diversas informações sobre o tutor ou responsável por esse animal e também dados sobre o animal a ser castrado. O tutor deve levar os próprios documentos e a Carteirinha do Animal caso ele já tenha.

As castrações já estão acontecendo e objetiva-se que o projeto gradativamente seja ampliado atendendo toda a demanda que se apresenta.

Importante lembrar que nesse momento de Pandemia que vivemos, devemos todos manter distanciamento, usar máscara, evitar aglomerações. Então quem se dirigir a Prefeitura Municipal para efetuar o cadastro deve respeitar essas regras visando a saúde de todos nós!

Gallery_big_1e9b4e79120a93f56e6e2416bf133f0c
noticia.jpg

Arquivos para download