Cooperativa Santa Clara realiza formatura de curso de informática voltado aos produtores em Maximiliano de Almeida

Data: 20/09/2018

A Cooperativa Santa Clara realizou no último dia 12 de setembro, a formatura de três turmas em curso de informática voltado aos produtores rurais. O evento foi realizado na Casa de Cultura Avelino Benin e contemplou as turmas de Maximiliano de Almeida, Paim Filho e São João da Urtiga.

O principal objetivo do curso, de acordo com o gerente do Departamento de Política Leiteira (DPL), Maurício Bonafé, é dissipar conhecimento tecnológico entre os produtores, de forma a viabilizar as propriedades rurais. “O intuito é passar informação para eles, transferir tecnologia para o produtor rural”, disse Maurício, no momento da solenidade.

Nos dias atuais, em que a tecnologia está presente de forma absoluta nas atividades do campo, a formação em informática passa a ser uma demanda obrigatória entre os produtores rurais. “O produtor rural já tem internet na propriedade, já tem maquinário com inteligência na propriedade e ele precisa sim, estar a par dessa tecnologia para conseguir dominar esse tipo de trabalho, para ter um futuro melhor e para conseguir ganhar mais dinheiro com o seu negócio”, analisou Maurício.

Por outro ângulo de visão, a gestão do patrimônio do produtor também está em foco quando o curso de informática é oferecido, em parceria com os órgãos públicos dos municípios onde foram ministrados. “Hoje o produtor rural tem um patrimônio muito grande na mão. Se esse patrimônio não for bem gerido pode ir água a baixo. Os cursos de informática, cursos de produção de alimento – que a Santa Clara também proporciona aos associados – têm o objetivo de melhorar um pouco a vida desse produtor, mostrar que existem outras formas de trabalhar, não só aquele trabalho rudimentar que existia anteriormente”, ponderou Maurício.

Ainda no momento da solenidade da formatura, a prefeita municipal de Maximiliano de Almeida, Dirlei Bernardi dos Santos, citou o projeto que o Município está desenvolvendo para levar internet aos produtores rurais – o Projeto Internet Para Todos. De acordo com ela, dentro de um curto período de tempo os benefícios do projeto devem chegar às casas dos maximilianenses. “A gente quer possibilitar a todo o interior do município, o sinal de internet, que é muito importante, porque às vezes não adianta fazer o curso e não ter a internet em casa. Um passo muito importante foi dado com esse curso de informática e acredito que logo mais a gente já estará conseguindo desenvolver e implantar o Projeto Internet Para Todos”, disse Dirlei.

Gallery_big_06b1b72fba0e1e5ce929b9578ad26174
FORMATURA CURSO INFORMÁTICA.jpeg

Arquivos para download